segunda-feira, maio 19

Orgasmos literários

«Desejo o que não desejo e abdico do que não tenho. Não posso ser nada nem tudo: sou a ponte de passagem entre o que não tenho e o que não quero.»

Bernardo Soares


A haver justiça no mundo, teria sido eu a escrever isto.

6 criaturas afundaram esta pérola:

Su disse...

esta frase é mto profunda

li e reli

..entre o q não tenho e o q não quero........

jocas maradas

MouTal disse...

Deve ter sido por causa destes orgasmos literários...que eu sempre gostei mais da matemática,física e química,geometria descritiva....
Esta noite vou postar uns bonecos dedicados à "blueminerva" espero que gostes...eu gostei.
Abraço.

blueminerva disse...

Su,
Eu gosto de acreditar que Pessoa escrevia o que escrevia pra mim. Delírios eu sei.

Caro Moutal,
Tu és um caso clínico. Geometria descritiva... tss tss.
Depois passo pelo teu estaminé.

Abraços

Ariel d'Angouleme disse...

Pessoa...
Está em todo lado este homem.
E terá havido neste país mão mais perfeita para a arte da escrita?

Beijo*

P.S: O livro do desassossego é precisamente isso.
Um desassossego.

Filipa Epifânio disse...

Pessoa é deus.

Obrigada por esta partilha orgástica *

Merchi disse...

... gostei tanto que roubei!