quinta-feira, maio 15

Inquietação

E se de repente fossemos tomados pela sinceridade absoluta e crua...


"Peço desculpa pelo cheiro... fui eu que me peidei."
"Essa maquilhagem está horrível, pareces uma puta barata."
"A tua pichota é de longe a mais pequena que eu já vi."
"Tens um monco colado à entrada da narina esquerda."
"Sr. Director, vá levar no cu e deixe de olhar pró meu."

etc, etc...

... um cenário apocalíptico não acham?

18 criaturas afundaram esta pérola:

BaBy_BoY_sWiM disse...

apocaliptico é um gelado que gosto no Verão! eheh... Estou a brincar...

Mas essas frases parecem-me bem...
Falta algumas:

"Porra... Parece que estou a foder uma múmia, nem te mexes..."

Penso que comentadores conseguem completar as frases...

blueminerva disse...

Ahahahahha...

Parece-me bem proposto caro BBS. Toca a acrescentar a sinceridade elevada ao expoente máximo.
Um abraço

Rocket disse...

Há um filme com o assim, com o Jim Carey...


mas gostava mesmo era de ver um filme assado, contigo...

prefiro essas deixas...

Canephora disse...

Ora aí está uma coisa interessante... sermos sinceros e honestos.
Eu acho que resultava. Eramos até mais amigos, melhores funcionários e melhores chefes...

Natalie Afonseca disse...

Ó my God!! Hehehe!! GOstei!!
Sinceridade acima de tudo!! ;)


Um cenário apocalíptico sim, mas sincero!?! :p

Vieille Canaille disse...

É um pouco por medo da sinceridade que muita gente usa os blogs, foruns, chats, etc, não é? Um pouco por receio de afirmarem aquilo que sentem, e então escolhem um nick e uma identidade falsa para dizerem o que realmente sentem (eu próprio faço isso). Chamamos a este tipo de atitude o quê? Covardia, medo, precaução...? Talvez o civismo seja, no fundo, uma hipocrisia camuflada e, muitas vezes, os distúrbios socias sejam provocados por verdades que ninguém quer ouvir!

blueminerva disse...

Eu acho, que fossemos todos possuídos pela sinceridade seria catastrófico.
Abraços

rouxinol de Bernardim disse...

No tempo do bocage este resguardou alguém do pecado da peidção:

«O peido que esta senhora deu, não foi ela, fui eu!»

Agora estes casos são mais graves.
Será que se passa isto na quinta da vigia, com o ti alberto?!

Será o relato fidedigno de algum local de trabalho?

Que jornal estará no âmago da coisa?!

Perguntar não ofende...

Ricardo Ramalho disse...

Não funcionaria... Seria um autentico esterco!

Há sempre a sensação de 'enconanço' que é muito boa e faz bem.

Evita guerras p'lo menos.

Mas para desbocados, já vives na terra onde existe um que diz "e eu digo bastardos para não lhes chamar filhos da puta".

:D :D :D :D :D

MouTal disse...

Este é para acrescentar à lista:

Se eu gostasse de ir ao cu a ranhosos...andava com um caracol debaixo do braço.

Gostei do "post".
Abraço.

Cataclismo Cerebral disse...

Sim, o cenário seria catastrófico. Andaríamos todos à pancada, no mínimo...

:)

MARNUNEFREI disse...

You kill me… posting this fast!

Prefiro antes:

“Estás gorda… só apetece-me comer-te toda!

“- Isso é roupas que se vista!?!!
- …Aproveita, e rasga-me toda!!!”

Para ser sincero, não sei se estas palavras tenham haver comigo… ou talvez tenha?

Mr. Lekker disse...

Essa questão da sinceridade tem muito que se lhe diga. Podemos ser sinceros sem ser mal educados. Muita gente tem a mania que pode dizer o que lhe passar pelos cornos, "porque é aquilo que penso". Em primeiro lugar, o que é que eu tenho a ver com isso?!? Por é que teríamos de levar com os impropérios ou maluquices de cada um que aparece?
Parece-me salutar algum recato. Chamem-lhe hipocrisia, se acharem mais sincero...

Su disse...

..por tudo isso...todos os dias mentimos....todos..................

jocas maradas

Nuno disse...

Eu gosto das mentiras "piedosas", de dizer e de ouvir. Desculpem-me.

Beijos

Filipa Epifânio disse...

Há dias que apetece mesmo...mas depois teríamos de lidar com a catástrofe...é por isso que vamos tirando as máscaras de uma gigante prateleira...aquela que combine com os sapatos que temos calçados ou que condiga com o tempo...

*

mitro disse...

... eu acho que ía ser divertido!

Merchi disse...

... ui ui ... puro caos!

Ainda a semana passada estava com uma cliente e ela tinha DOIS moncos ... um em cada narina! DEMAIS. Já não conseguia me conter ...