quinta-feira, janeiro 29

Australian Open

Neste preciso momento, a Dementieva bem se esforça para derrubar a animalesca Williams... mas a coisa tá difícil. Mais logo, temos Andy Roddick vs Roger Federer. O americano até leva jeito na raquete, mas frente a Federer as exibições são habitualmente patéticas. Talvez, Roddick devesse seguir a sugestão do brilhante Jonathan Ross.



Lá pelo final da tarde, passo pelas vossas tascas.

11 criaturas afundaram esta pérola:

Rute disse...

No tenis... Há algo estranhamente sexy no suor...

ηatalie αfonseca disse...

Podes crer que há Rute.
Blue, sei muito bem do que falas! Estou sintonizada sempre que posso. 10 anos a jogar ténis profissional dá nisso. É um meus amores! Sem dúvida! :)

Bom gost ;)

pinguim disse...

A animalesca ganhou, bem como o "canivete suisso"...
Beijinhos.

Anónimo disse...

O saldo dos embates de Roddick vs Federer continua patético, 16 derrotas e 2 vitórias. Como é que um gajo que tá no top 10 á tantos anos não consegue um set decente quando joga contrao suíço.

Jorge

Bernardo_Gois disse...

AHAHAHAHAAH que grande entrevista!! Vale a pena ver também a primeira parte.
"Clay is lesser man" LINDO!

beijinhos princesa

afectado disse...

eu acho que é desta que o federer iguala os 14 grand slams do sampras! tem que ser.

Margarida disse...

Adorei qd referiste "animalesca" à Williams... loool

Beijão cheio de saudades*

lampâda mervelha disse...

Ehhhhhhhhhh... então não é que o espanhol ganhou novamente? Federeu-se... até chorou, coitado....

3RRR disse...

Bem, e "el cabrón" lá ganhou ao Federer. Não vi o jogo. Será que o maiorquino jogou bem?

blueminerva disse...

A verdade é que o rei teve inúmeras oportunidades para ganhar a partida. Desperdiçou incompreensivelmente inúmeros break points. Falhou respostas de forma patética... até eu senti uma ponta de vergonha. A transmissão focou várias vezes a Mirka e não pude deixar de pensar, no que raio anda aquela gaja a fazer ao rei?!?!... O cabrão do espanhol mereceu porque fez por merecer, porque nos momentos cruciais, manteve nervos de ferro. E é isto que falta a Federer, a capacidade de não se intimidar face ao hijo de puta!

lampâda mervelha disse...

Hijo de Putin!