quarta-feira, maio 28

Step by Step

Vendi o anel. Estava à demasiado tempo no meu quarto, e sempre que olhava pra ele ficava na mais profunda e abjecta das merdas. Ora isso não é saudável. Já não o usava à tanto tempo e resolvi vender aquela porcaria. Pagaram-me bem por ele, era de facto bonito.

Loja do cidadão, Caixa Geral de Depósitos, conta da Unicef, depósito ao balcão. Foi o dinheiro mais bem gasto da minha vida.
Aos poucos, vou-me desfazendo de ti e vou-me recuperando.

12 criaturas afundaram esta pérola:

Su disse...

para a proxima fazemos uma parceria.......sabes que no marakoka vende-se de tudo e até podia ter feito um leilão......até ao fim do mundo,.....

jocas maradas e dias melhores...sempre

Rocket disse...

tu és uma pessoa valiosa.

é gente como tu que remete coisas como os diamantes para uma caixa de fósforos...

gostei

sei que não fizeste isso para publicar aqui mas tenho que te felicitar por seres como és...

bem hajas

Zb disse...

não foi o "mais bem gasto", digo eu, foi sim o mais bem aplicado, tenho a certeza, muito bem rapariga.
pa frente é o caminho.

abraço

LeniB disse...

Fizeste bem...
bj

Vieille Canaille disse...

(resposta às "caralhadas": aquela oração é apenas um excerto de "Tomates Enlatados", um livro de poemas extremamente provocatórios à Igreja Católica, do poeta francês surrelista, o Benjamin Péret. Li-o há uns 9 anos, e veio na sequência das memórias guardadas no blog. Saudações.)

Rute disse...

Hm. Realmente. Tenho um em casa, queo usei durante muito tempo. Já não me diz absolutamente nada e custou os olhos da cara e o das traseiras. Mas vender algo que tem nome e data que já foram tão importantes para mim.. Sinceramente não sei o que fazer. Fica guardado. Como tudo o resto antigo.

lampâda mervelha disse...

Tenho o hábito de fazer isso com as dívidas pessoais...

blueminerva disse...

Podia fazer algo mais cinematográfico e atirar o dito cujo ao mar... mas era demasiado poético.

A todos um arquipélago de abraços

Ricardo Ramalho disse...

Hmmm. Atitude bonita! Fica-te bem!

Hoje fui eu que te gostei de ler :)

MARNUNEFREI disse...

Nãnão, não é assim que se faz! Primeiro pões o anel, especialmente se for de diamantes, e depois esmurraças-lhe a mona. Há que valorizar o anel primeiro!!!

Merchi disse...

... bem haja!

Annie disse...

és ATITUDE.
... quando o passado nos assombra, o futuro pode sorrir a quem mais precisa.
gesto nobre o teu... :)