sábado, abril 19

Estrelinha que te guie, caralhinho que te foda

O cónego Melo morreu.
Brindemos, caralho!
As bebidas ficam por conta do charco.


Escumalha humana. Nunca foi um testemunho vivo do espírito cristão, prefirindo ser um exemplo de intolerância e de fanatismo religioso. Com o sacerdote bracarense, morre simbolicamente, o que há de pior na igreja católica portuguesa.

7 criaturas afundaram esta pérola:

Sorrisos em Alta disse...

Bem... morre UM dos que há (havia) de pior. Já só faltam uns seiscentos...!

Bom fim-de-semana e abraço,
Iluminada amiga!
,o)

Su disse...

ok....já está morto...esperemos que ao 3º dia não aconteca nenhum imprevisto:))))))))))))))))

jocas maradas

Vieille Canaille disse...

A Igreja Católica, para mim, representa descriminação, machismo, corrupção, falta de liberdade, etc. Só isto é altamente condenável, então, pior do que isto, só à chapada! Se esse senhor cónego era como dizes, que o Diabo o carregue!

blueminerva disse...

Mas este senhor era particularmente especial, porque era um facho. Um facho que felizmente se apagou.
Abraços

Estafermococus disse...

Boa!

lampâda mervelha disse...

Mas porquê caralhinho? Um barrote mesmo!

Nuno Henriques disse...

Para mim só há uma coisa pior do que ver um facho à minha frente... é ver dois fachos à minha frente...
Saudações.
Um Madeirense exilado - por vontade própria.