segunda-feira, dezembro 28

O vácuo do teu corpo

O que eu queria, era resgatar os nossos lugares no sofá e encostar o meu ombro esquerdo ao teu ombro direito. O que eu queria, era ver o teu rosto logo pela manhã, almoçar contigo frente a frente como fazíamos, repetir as rotinas, e fingir que nada aconteceu. O que eu queria, era sacudir do meu corpo esta saudade, esconjurar as dores, convencer o meu cérebro que estiveste fora, em viagem, e que só agora estás de regresso: receber-te, abraçar-te, apertar-te como se faz num aeroporto, encaixar as minhas mãos dentro das tuas, e deixar-me aninhar junto a ti.


Parabéns avó.

3 criaturas afundaram esta pérola:

Leonor disse...

Percebo bem essa saudade do aconchego de avó ...
Beijuka

Rute disse...

*****

pinguim disse...

Que belo...
Parabéns à Avó e à neta.