quarta-feira, setembro 2

Morfologia do tempo

Tu de um lado da rua, eu do outro, a passadeira separa os nossos corpos e a nossa velhice ao meio - as noites enrolados em edredões gastos, as tardes a deambular ao som do vinil, as pessoas com quem partilhámos copos, as vidas que levámos connosco ao partir.

3 criaturas afundaram esta pérola:

pinguim disse...

Então agora não há comentários??? Menina, assim não posso mandar miminhos, de vez em quando...
Beijito.

blueminerva disse...

Querido amigo, é uma fase egocêntrica... logo passa.

beijos

MouTal disse...

Olá amiga
Toca a reagir,olha que os amores são como os penicos...vão-se uns embora vêm outros mais bonitos.
Bom FDS.
Beijinhos.