quinta-feira, fevereiro 19

Anormalidades I

«A homossexualidade não é normal, temos que dizê-lo [...] Não é normal no sentido de que a Bíblia diz que quando Deus criou o ser humano, criou o homem e a mulher. É o texto literal da Bíblia, portanto esse é o princípio sempre professado pela igreja.»

D. José Saraiva Martins


Palavras de um senhor que veste camisas da noite com rendas e bordados e não fode.



Que eu saiba, no tal livro - que é nem mais nem menos do que uma fábula - não há uma única referência ao celibato sacerdotal.

13 criaturas afundaram esta pérola:

Paulo disse...

às vezes é difícil resistir a comentar os teus posts... talvez por isso nunca o tenha feito. mas a este não resisto: camisa de noite com rendas e bordados é soberbo! lolololol. uma grande, muito grande gargalhada a este teu um achado. uma verdadeira pérola, por sinal, intemporal.
abraço e obrigado pela gargalhada!

blueminerva disse...

Pois é Paulo... dá vontade de rir e muito tal é o grau de ignorância.

Beijocas

Woman Once a Bird disse...

Dá ali um pulinho à casa do nosso amigo Sancho e explica-lhe que a anormalidade também contempla este homem rendilhado. eheh

Su disse...

e não f****


isso sim é tara:)


jocas maradas

amsf disse...

Deus criou um homem (Adão) e uma mulher (Eva) que tiveram filhos e reproduziram-se entre si! Suponho que para a igreja o casamento entre irmãos é normal!

Fernanda disse...

Olá Blue,

Ouvir a maioria destes senhores falar,...é como ouvir os Monty Python no seu melhor...:))

E já os estou a elogiar com gente fora de série...
Mas, é claro, que estes senhores mediavais, vestidos de saias de rendas e de cordões ao pescoço, nunca os entenderiam...:)

Beijo

GANDALF disse...

Depois as "bichas"são os outros,hehehehe.
Esta demais a tua comparação,amiga,loool.

Beijinhos bons

apenas um gajo... disse...

A humanidade tem uma grande parcela de pessoas estúpidas!
Infelizmente não há cura para essas pessoas.

Beijinhos

Merchi disse...

... perfeita ANORMALIDADE

3RRR disse...

Cara Blue,

confesso que me ri com essa descrição.
No tal livro, não há de facto referência ao celibato sacerdotal. Essa foi uma instituição da Igreja na Idade Média, altura em que a o Clero se tornou uma classe poderosa e com um património incalculável. E para manter todo esses património, era essencial que se tornassem celibatários para que não houvesse lugar à sua distribuição através de sucessão ou testamento.
A igreja apregoa muito a pobreza mas, por exemplo, um padre de uma paróquia na zona Oeste da ilha tem um carro que eu, trabalhando uma vida inteira, não consigo comprar. Embora também os haja bem mais modestos.
A pobreza que fique para S. Francisco de Assis, esse sim um grande religioso.

Tá-se bem! disse...

Sabeis lá se não fode! ahahahahaha

Bijuuuu ;))

blackstar disse...

Isso do não fode é relativo... Ele diz que não, mas toda a gente sabe que os que calam, são, geralmente, os que mais comem!


(Eu estou lá no Inferno à tua espera, boa?!)

Miguel Noite disse...

VOLTEI!

Sim, o meu computador deu o berro e andei sem tempo pra nada mas fui aparecendo pelo blog para ver esta e todas as pérolas que o charco nos presenteia =)

Beijinho*