quinta-feira, novembro 13

Reminiscências Wong Kar Wai

Desconstrói os tijolos das casas que deixou para trás, as pessoas que um dia foram a poesia, as vozes que embalaram madrugadas, os abraços que foram porto de abrigo. Desconstrói.

Talvez, se apertarmos as mãos com violência, talvez se consiga apagar tudo o que ficou para trás, tudo o que é fétido e moribundo, tudo o que nos trouxe até aqui. Talvez.

15 criaturas afundaram esta pérola:

Shinobi disse...

Muito bonito, blueminerva, muito bonito mesmo!

Um "post" especialmente do meu agrado, como deves imaginar!

Beijinho!

Joel Barbosa disse...

Na minha modesta opinião, o filme é de uma lentidão que faz esmorecer aos primeiros minutos e vazio de conteudo. Mas os intelectuais do cinema veneram Wong Kar-Wai, vá se lá saber porquê. Salva-se a banda sonora essa sim é surpreendente.

Joel Barbosa

Bernardo_Gois disse...

De Wong Kar Wai só conheço o My Blueberry Nights que vi e gostei. Sobre este post, ajudava saber o nome do filme embora eu tenha a certeza que não vi porque as fotografias não me dizem nada.

beijinhos princesa

blueminerva disse...

A primeira foto é da película "In the Mood for Love" aka "Disponível para Amar". A segunda foto é da película "2046".


beijos ao trio

Mlee disse...

Vi o primeiro, não vi o segundo e gosto das tuas palavras porque são muito tuas e maravilhosas e gosto desse TALVEZ, TALVEZ valha a pena ...

Beijukas Blue

vita disse...

Eu não vi nenhum, mas as tuas palavras encantaram-me.;)

Beijo jeitosa

Tá-se bem! disse...

Muito bonito!
Demasiado profundo para um Tá-se bem! ;)

Beijooo :)

pinguim disse...

Faço minhas as palavras da Vita.
Beijinhos.

Merchi disse...

... não vi :-(

lampâda mervelha disse...

Relembro inúmeras vezes o que desejo esquecido. Lapida-me.

ηatalie αfonseca disse...

Ganda filme!
Boa escolha de palavras!

Tens um desafio lá no meu cantinho! ;)

Bom fim-de-semana*

An Ambush of Ghosts disse...

Hummmmm....
Não vi nenhum, mas lembrou-me "O Amante", thanks.

Ps.Brigadinha pela visita lá na cabine de som ;)

Nuno disse...

Olá Blue, cheguei em boa altura.

Dois belíssimos filmes, um grande realizador, um belo post, uma amiga, uma guapa...

Beijos

Ana Pena disse...

Oh Blue Minerva como adoro o In The Mood For Love!! Adoro tanto! Aquela inevitabilidade toda, aquele desejo recatado, trocado no beco dos noodles ou a caminho num táxi... Esse desejo que sufoca o espectador!
2046 também é bonito!!

E também belas são as tuas palavras!
Gostei muito deste post!

Beijinhos*

Woman Once a Bird disse...

Well, não poderei acrescentar muito. Como sabes, amo, amo, amo - não me canso de In The Mood For Love. E lentamente, também 2046 insidiou-se e tornou-se-me um grande filme.
Um autêntico elogio à lentidão (e à beleza e ao amor e ao secreto que há em nós).
Também eu quero suspirar segredos. :)