sábado, maio 31

Raio X

Ontem recebi um e-mail muito querido de um rapaz que diz ser frequentador habitual do charco, embora nunca tenha comentado um único texto. No último parágrafo, o ilustre anónimo convida-me para um café "sem compromissos" e deixa o seu número de contacto.
Meu caro amigo:

Eu sou a rapariga que no intervalo da sessão de cinema desce acelerada pelas escadas pra fumar um cigarro que os minutos são poucos, tropeça num degrau e arrasta cinco criaturas da frente. E desculpa-se da forma mais cobarde: "empurraram-me". Numa queda múltipla, quem fica por debaixo é que se fode. E eu posso ser despassarada mas não sou burra.

Eu sou a rapariga que num momento de euforia no casino atira os braços ao ar e derrama um copo de compal nas calças de um velho que ao se aperceber da grande nódoa, quase espuma de raiva. Por cortesia, logo me apresso a pagar a conta da lavandaria e o gajo aceita (!)... e eu fico na merda.

Eu sou a rapariga que sai do casino com os pés a doer (maldita alcatifa!), tira as sandálias e caminha descalça até o café mais próximo. Já no café, o destino é o WC. Sobe para cima da tampa da sanita e lava os pés encardidos no depósito do autoclismo. E gasta o resto de papel higiénico para secar os pés.

Eu sou a rapariga que queima o braço de uma gaja na discoteca com o cigarro mas sem demoras desculpa-se pela situação e oferece-se para pagar o curativo ou prótese do membro se necessário for e ouve um redondo "pó caralho cabra!" e cora de vergonha porque não consegue responder à altura.

Eu sou a rapariga que faz um striptease ao som de Nina Simone e entre manobras de sedução troca as pernas, perde o equilíbrio, cai e fica prostrada no chão, de barriga pra cima, seminua às gargalhadas. Ridícula, mas humorada.

Eu sou a rapariga que está parada no semáforo a curtir um som e apercebe-se que o gajo do carro ao lado está a fazer gestos obscenos e então mando o gajo à merda e só depois me dou conta que o tipo estava a alertar-me para o facto de estar a conduzir sem luzes. Idiota! Eu, claro está.

Eu sou a rapariga que consegue tudo o que quer dos namorados porque lhes ameaça com cantorias. As minhas cordas vocais são um instrumento de terror e não tenho pudor em utilizá-las para obter o que quero. Sádica e manipuladora.


Estes exemplos, servem para alertar o ilustre e querido autor do e-mail do perigo a que estaria sujeito ao meu lado. Meu amigo, vá por mim, procure uma fêmea nos sites apropriados (há imensos!) e garanto-lhe que fará melhor escolha. Boa sorte.

25 criaturas afundaram esta pérola:

Vieille Canaille disse...

"(...)Sobe para cima da tampa da sanita e lava os pés encardidos no depósito do autoclismo. E gasta o resto de papel higiénico para secar os pés." Vi ontem um filme com uma cena exactamente igual a esta que descreves: o "The Wayward Cloud" ("Tian bian yi duo yun") de Ming-liang Tsai.

blueminerva disse...

Não era eu amigo Vieille... não tenho talento para a representação.

Um abraço

Shinobi disse...

Eh, eh, eh, tá demais, blueminerva (a auto-análise)! Estou quase com lágrimas nos olhos de tanto rir ;) (e eu não sou de rir muito)!
Se algum dia eu estiver no carro do lado, prometo não fazer gestos a alertar-te para as luzes, lolololol!!!

Beijinho :) !

Sancho Gomes disse...

nunca, em toda a minha vida, vi melhor resposta a uma tentativa de engate mais ou menos encapotado. lindo!
como ficará o jovem (?) com a resposta?

Rocket disse...

tsk tsk...diz-lhe que és... feia


uh uh ah ah

blueminerva disse...

Ah... e num futuro próximo vou andar com os cantos da boca cheios de saliva e a falar esquesito... haverá coisa mais sexy? O meu dentista garante que este Verão vou pôr aparelho nos dentes. Deprimente.

vita disse...

looool..assustaste o moço..ou na volta ficou mais interessado.;)

MouTal disse...

E eu que pensava convidar-te para uma bica,na minha próxima ida ao Funchal...
É que eu sou o velho que levou com o copo de Compal no fato,Yves São Lourenço,e já tinha a minha vingança planeada...
Paciência,fica para outra vez...
Abraço e bom Domingo.

Nuno disse...

Fantástica, "Green eyes".

Beijo

Niki disse...

Recebi o comment e curti. decidi espreitar e adorei. vou continuar a visitar, é certo. e se n tiveres stresses, vou adicionar á minha steplist de blogs.vale a pena.

Ciao

Su disse...

ahahahah menina delirei com tua resposta luicida, coerente, e bem real,,,,

para um anónimo que te deixa o contacto telefonico.....ele não sabe que existem centrais para tomar varios cafés e todos sem compromisso....


ahahah mas delirei com a queda livre.........

jocas maradas...sempre

Luis disse...

epa agora é que o gajo fica mais interessado. Bela resposta.

L. C. disse...

Resposta fantástica...
Não sei o que achei mais surpreendente, adorei tudo...

Rui Gamboa disse...

genial, genial, genial.

É que não há mesmo outra palavra.

BaBy_BoY_sWiM disse...

Isso parece-me que daria uma bela comédia romantica! :p eheh beijinhos

GotchyaYinYang disse...

Looooooooooooooooool epa demais! Acho que ainda te tornaste mais atraente com esta análise. Agora vais ter mais anónimos atrás de ti ;)

MARNUNEFREI disse...

Hoje decidi vestir a pele de ovelha e mudar de ementa, convidei a vaca para jantar fora, já farto de avozinhas e capuchinhos vermelhos… mas como esta ovelha não come ervinha, decidi logo saltar-lhe às tetas! Mas como o que esta vaca tinha era cascos… acabai foi levando uma descascadela!!!

Ricardo Ramalho disse...

Fizeste-me rir! Again! :D

Carloressu disse...

os meus sinceros parabéns, de facto sabes como manter o interesse de um homem por ti. A sério, Mts Parabéns.

Freitas disse...

Esta mulher mata-me a rir. Um bem haja.

Ana disse...

Parabéns pelo seu blog, muito inteligente!
Cumprimentos

blueminerva disse...

Eu não estou aqui pra enganar ninguém, estou longe de ser a mulher perfeita.

A todos um arquipélago de abraços

Merchi disse...

... lolololololol ... fiquei com um sorriso nos lábios!

obg, estava a precisar!

Rute disse...

LOLOLOL! Exacto, bem, se não entender é bem burrinho.

Daniel disse...

o segredo pra tao ao teu lado, é: tar sempre mocado, resulta sempre xD
mas curti da parte do semaforo, coitado do homem do outro carro.