quinta-feira, setembro 27

Os (fracos) critérios editoriais da Sic Notícias

Interromper a entrevista a um ex-Primeiro Ministro, que está a tecer uma opinião (não interessa se válida ou não) sobre uma possível fraude eleitoral no seio do maior partido da oposição para anunciar a chegada de José Mourinho ao aeroporto da Portela, é no mínimo de grotesco. E quando regressaram ao estúdio, Pedro Santana Lopes interrompeu a entrevista, perguntou se estava tudo doido e foi embora.

Não sou uma entusiasta do trabalho desenvolvido por Santana Lopes, aquando chefe de governo, mas subscrevo integralmente a sua atitude. Tenho que me penitenciar... porque nunca pensei ver Santana Lopes a dar merecidas lições de bom-senso a jornalistas.

4 criaturas afundaram esta pérola:

LEÃO DA ESTRELA disse...

O episódio, que evidencia o estado a que chegou a nossa televisão, mesmo aquela que se considera uma referência na informação, fica na história dos "media" portugueses como um grande momento de Pedro Santana Lopes. Talvez o seu melhor momento, desde que cometeu o erro histórico de assumir a chefia do Governo sem ouvir a opinião dos portugueses nas urnas.

Anónimo disse...

Pois,pois,pois, mas eu pergunto: haverá alguma alma que o queira ouvir?

blueminerva disse...

Caro anónimo:
A questão que se coloca não é essa. O que me parece importante, é a decisão de interromper uma entrevista a um ex-Primeiro Ministro (quer se goste ou não o homem já desempenhou esse papel) que abordava um tema relevante da política nacional para a transmissão directa de uma palhaçada.

Cataclismo Cerebral disse...

Não concordo com a tua opinião. A SIC Notícias, para o bem e para o mal, rege-se pelos breaking news. É claro que a chegada de Mourinho não merecia aquela exagerada atenção, mas infelizmente o "tema" estava na ordem do dia e a opinião pública queria estar em cima do acontecimento. Santana Lopes, que já esteve ligado ao futebol e que sempre manipulou os media como bem entendeu, devia saber isto melhor que ninguém. Ele não pode esperar ter no canal de notícias da cabo um espaço imaculado e imune a interrupções. E aquela birra (porque foi disso que se tratou) demorou bastante tempo...