quarta-feira, junho 20

O advogado de Pinto da Costa

No tempo da "outra senhora" não se questionava a validade de escutas telefónicas, pois bastava uma denúncia anónima para enterrar alguém incómodo. Gil Moreira dos Santos sabe bem disso, porque antes de ser advogado, teve uma carreira brilhante como Juiz do antigo regime!
Portanto, da próxima vez que este senhor falar dos direitos do seu cliente, seria bom que lhe perguntassem se ele tinha a mesma opinião antes do 25 de Abril de 1974. Um gajo que um dia defendeu uma ditadura e julgou pessoas sem provas, não tem hoje PONTA DE CREDIBILIDADE para pôr em causa uma investigação.
Custa muito, ouvir um FACHO deste calibre falar de direitos e de liberdades!


Ficam os links para os interessados:

aqui

aqui

e aqui

15 criaturas afundaram esta pérola:

Anónimo disse...

Pérolas?

Aí vai mais uma: o gajo é membro titular da Comissão dos Direitos do Homem da Ordem dos Advogados, com o peloura da defesa dos direitos... dos PRESOS!!!

Assim a modos como se o Silva Pais, para final de carreira, tivesse sido presidente da secção portuguesa da Amnistia Internacional!!!

Lata não falta a este Gil Moraira dos Santos!

Admirem-se se um dia destes o virem nomeado Provedor de Justiça, que para isso anda incrustradissimo na Fundação Mário Soares, com quem participouna elaboração da colecção do Publico "Poemas da minha vida".

Cosos veredes, Sancho!

Anónimo disse...

Vi neste link

http://www.dgsi.pt/bpjl.nsf/585dea57ef154656802569030064d624/d601a6433ac1b1bb802571a00039480e?OpenDocument

um texto em que o membro de Direitos Humanos da Ordem dos Advogados Gil Moreira dos Santos, após inúmeras visitas ao Estabelecimento prisional de Lisboa concluí que os presos são maltratados.

vd. Gil Moreira dos Santos; Relatórios: Gabinete de consulta jurídica do Estabelecimento Prisional de Lisboa

Pena é que este Juiz do Tribunal Plenário do Porto que condenou a prisão muitos anti fascistas nesse tempo não se preocupasse com tal temática.

Pergunto:
Serão os remorsos?

Será uma cosmética?

blueminerva disse...

Esse cara de cú à paisana é membro titular da Comissão dos Direitos do Homem da Ordem dos Advogados, com o peloura da defesa dos direitos dos presos?!?!
Por amor de Zeus....

Anónimo disse...

Esse FP de facho vestido de poeta e com cosmética de casapiano esta constituido arguído num processo crime por agressão qualificada e parece que acusado. Só que os segredos ficam pelo Zeus... Quem souber do caso que o ponha a descoberto pra que a malta saiba quem é pelos direitos "Humanos"

Anónimo disse...

É verdade. O Bicho está acusado pelo MP do crime de ofensas corporais pois deu porrada a um colega na via pública mandando -o para o hospital.
- pº 5681/06.9TDPRT 2º secção do DIAP do Porto.

Este assunto está tapado dos media por influencias multiplas (Ordem dos Advogados e FCP) pois não convem de modo algum que associem o animal ao caso Bexiga e Pinto da Costa.
O processo já não está em segredo de Justiça e quem quizer que o consulte. Ele está sob têrmo de identidade e residencia

Anónimo disse...

Gil Moreira dos Santos
Advogado agressor

Os incidentes aconteceram a 30 de Setembro de 2006, na Rua de João de Barros, na Foz do Porto, quando ambos se travaram de razões. “O arguido, mantendo sempre o ofendido agarrado pelo braço direito, empurrou-o contra a viatura e deitou-lhe as mãos às orelhas, puxando-lhas, ao mesmo tempo que lhe virava a cabeça, com um movimento rápido, o que fez com que o ofendido perdesse os sentidos e caísse inanimado no chão”, pode ler-se na acusação agora deduzida, onde o Ministério Público afirma que a vítima sofreu traumatismos nos ouvidos e na coluna, que o obrigaram a receber assistência hospitalar.

A vítima terá sido abandonada no local, sofrendo prejuízos de mais de 1000 euros (os óculos e o telemóvel que usava ficaram partidos).

Contactado pelo CM, Gil Moreira dos Santos desligou o telefone, sem sequer ouvir as acusações que sobre si recaem.

Anónimo disse...

Gil Moreira Santos ex Juiz do Tribunal da PIDE, e Poeta, Adelino Caldeira grande accionista da SAD portista e o Jorge (Rui Moia Pereira) Cernadas que além de advogado do FCP é também Presidente da Eleição da Diocese do Porto quanto á Santa Casa da Misericordia, agora dedicam – se pelos visto á recuperação de créditos.
Será que conseguem adquirir algum crédito pessoal?

Anuncio na net pela Hot Frog
http://www.hotfrog.pt/Produtos/Consultoria-Jur-dica-Recuperac-o-De-Credito

A sociedade Gil Moreira dos Santos, Caldeira, Cernadas Associados surge como forma de melhor responder às questões que, pela sua relevância ou pela “novidade” no seu aparecimento, devem merecer acrescida informação e o acompanhamento jurídico empenhado e responsável, que são a razão de ser da advoca...
http://www.gmscc.pt

Anónimo disse...

GIL MOREIRA SANTOS
Anuncio publicado pelo ex Juiz do Tribunal Plenario do Porto

Gil Moreira Dos Santos, Caldeira, Cernadas & Associados - Sociedade de Advogados, R.l. P Porto 4100 - 173 Porto Rua 5 de Outubro, 446 - 466
Advogados legal direito serviços Legais serviços Jurídicos law lawyers legal Service
A sociedade Gil Moreira dos Santos, Caldeira, Cernadas & Associados surge como forma de melhor responder às questões que, pela sua relevância ou pela ¿novidade¿ no seu aparecimento, devem merecer acrescida informação
ver em:

www.cylex.pt/.../cp-/l1cy1-p_regiao1cy1-_localidade1cy1-porto-cp1cy1-_nome1cy1-associados-s1.html

xico disse...

GIL MOREIRA SANTOS rua do Ouro, Condominio Ouro, 1º esq. Lordelo do Ouro Porto.

Como vizinho vejo o conhecido ex Director da Policia Judiciária Matos Fernades a entrar na sua casa ás sextas para jantar.


Mais curioso é como ele mistura as amizades com os negócios pois esse ex director da Policia Judiciária do Porto é testemunha do caso Pinto da Costa.

Coincidência maior quando o Gil Moreira dos Santos e esse ex director da PJ - Conselheiro (reformado)Matos Fernandes dão aulas de formação na Universidade Portucalense aos candidatos ao Centro de Estudos Judiciáruios e aos candidatos a Inspectores da Policia Judiciária

Afinal, "uma mão lava a outra"

Anónimo disse...

Tanto atrasado mental a falar... mas a net é o mais democrático que há, sem dúvida Qualquer cretino pode falar aqui sem rosto, porque na rua até lhes cospem em cima! Não denigram quem dedicou numa vida ao trabalho,ao contrário de vocês, ilustres imbecis!

Anónimo disse...

Tanta estupidez num blog é obra. Parabéns pela capacidade de conseguirem escrever um blog, coisa que, atendendo ao que dizem é de saudar.
também me admira não ser um blog de moscas tal é a merda que por aqui anda.

Anónimo disse...

09 Fevereiro 2010 - 00h30

Porto: Advogado de Pinto da Costa julgado por agressão
“Puxou orelhas e prendeu-o”
"Estava na esplanada de um café com o Artur Vitória quando chega o Gil Moreira dos Santos que lhe diz: ‘Você anda para aí a dizer mal de mim’. Levantou-o da mesa, puxando-o pelas orelhas, e levou-o para perto de uns carros estacionados". Foi assim que uma testemunha descreveu, ontem em tribunal, a agressão que o advogado de Pinto da Costa infligiu ao colega de profissão, no dia 30 de Setembro de 2006.


Gil Moreira dos Santos está a ser julgado pelo crime de ofensa à integridade física do causídico Artur Vitória. Na base dos desacatos está um texto publicado na internet dois dias antes dos acontecimentos e cuja autoria é atribuída ao queixoso. Mas a incompatibilidade entre os advogados já durava desde 1990.

Os testemunhos relativamente ao episódio da agressão são semelhantes: houve violência física e o agressor fugiu do local. 'Vi o Vitória já estendido no passeio e a tremer muito. O que me chocou um bocado é que vejo o Gil a observar a cena e ir-se embora de carro', contou outra testemunha. 'Puxou orelhas, torceu-lhe a cabeça, prendeu-lhe os movimentos com o joelho e largou-o', relatou uma terceira testemunha. Após reviver os insultos de que foi alvo, tais como 'menino', Artur Vitória quis abandonar o tribunal por se sentir 'enxovalhado', mas foi impedido de o fazer pela juíza.

http://www.cmjornal.xl.pt/noticia.aspx?channelid=00000010-0000-0000-0000-000000000010&contentid=D4AFDFF8-9E7F-4C3B-88C6-5DD218CE8B36&h=9

Anónimo disse...

Esse requintado cabrão mais cedo que tarde tem quem lhe retribua o puxão de orelhas

Anónimo disse...

Esse requintado cabrão mais cedo que tarde tem quem lhe retribua o puxão de orelhas

Anónimo disse...

Anda com as clientes e tenta passar-se por católico e marido devoto! não olha a meios para atingir fins.. um nojo! é vergonhoso viver num país que permite a perpetuaçao deste ciclo de corrupção medíocre protagonizado por acéfalos!